Desentendimentos na empresa? Saiba como lidar com esses conflitos

A gestão de conflitos deve ser uma habilidade dominada por qualquer gestor. Toda empresa terá pequenos, médios ou até grandes conflitos e isso faz parte das relações humanas, o que, consequentemente, também atinge o mundo corporativo.

Saber como lidar com esse tipo de situação de forma calma e conciliadora é um trunfo que você deve manter sempre à mão. Por isso, trouxemos aqui algumas dicas práticas que podem ajudar a amenizar o clima de tensão e a identificar quando uma situação passou do limite. Confira a seguir:

Quase uma terapia: ouça todas as pessoas envolvidas

Muitos conflitos banais começam por uma simples falha na comunicação e acabam virando uma bola de neve. Um exemplo é quando uma pessoa da equipe pergunta como fazer uma tarefa e o colega, por estar ocupado ou lidando com outros problemas, acaba dando a famosa resposta “curta e grossa”, ou quando alguma orientação acaba sendo mal interpretada e o fato é levado para o âmbito pessoal. Não é difícil identificar situações assim no dia a dia da empresa.

O primeiro passo é ouvir todos os lados da história. Primeiro separadamente e, depois, com ambos na mesma sala. As diferenças devem ser resolvidas de forma amistosa e com colaboração da equipe. Afinal de contas, todos terão que trabalhar em conjunto, talvez até por muitos anos, e um clima ruim pode atrapalhar no desenvolvimento das atividades e, inclusive, afetar a saúde dos profissionais. Seja transparente e repasse essas preocupações com eles.

Encontrando soluções para gestão de conflitos

Após ouvir as partes envolvidas, pergunte o que cada uma delas faria para resolver o problema. Ou o que esperam que a outra pessoa faça para amenizar o clima entre ambos. Escute com atenção as propostas e tente ser um mediador, dentro das possibilidades da empresa. Monitore os dias seguintes para certificar-se de que o desentendimento de fato passou.

Errar é humano. Admitir é profissional!

Um caminho importante para solucionar os conflitos é cada um conseguir enxergar e entender onde está errando. E o primeiro passo para encontrar um erro é admitindo que ele existe. Peça para que cada um dos colaboradores diga onde acha que está falhando e, juntos, tentem encontrar uma solução para corrigir o que foi considerado insatisfatório e melhorarem, evitando futuros desentendimentos.

Vamos apertar as mãos? Reconciliação é importante

Acompanhe os envolvidos no conflito e peça para que eles se coloquem no lugar do outro para, assim, entenderem melhor o seu próprio espaço dentro da organização e o de seus colegas. Um pedido de desculpas entre ambas as partes pode ser um bom caminho para recomeçar um trabalho em equipe sem discussões desnecessárias e sem ressentimentos.

Transmita os valores da organização

Para evitar que a gestão de conflitos seja algo corriqueiro, é importante deixar claro a todos do seu time quais são os valores que a sua empresa carrega. Entre e22les, podem estar:

Espírito de equipe
Compreensão
Transparência


Claro que esses valores são apenas exemplos, mas fazer sua equipe entender as regras e princípios básicos da organização pode evitar problemas no futuro. Lembre-se, o líder é sempre o exemplo. Dê boas referências aos seus liderados com suas atitudes diárias.

 

Veja Também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *