Confira dicas para manter a saúde financeira da empresa

Manter a saúde financeira da empresa é fundamental para o desenvolvimento da organização. Uma pesquisa feita pelo Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) apontou que problemas no planejamento e má gestão estão entre as principais razões que levam pequenas e microempresas a fecharem as portas.

Pensando nisso, destacamos alguns pontos importantes que podem ajudar a manter em dia a saúde financeira da sua empresa.

Fluxo de caixa

Com um bom fluxo de caixa é possível prever quanto dinheiro irá entrar na empresa, a quantia que deve sair, os déficits etc.. Este é um processo essencial para a empresa arcar corretamente com seus compromissos. Um fluxo de caixa desorganizado pode acabar em prejuízo financeiro e endividamento ou desperdício financeiro.

Controle Financeiro

Somente um bom controle financeiro pode ajudar gestores a identificarem possíveis falhas financeiras na empresa, como gastos supérfluos. Um bom controle financeiro inclui cuidado com as contas a pagar. Organize as faturas de acordo com as datas de vencimentos, afinal atrasos geram multas e outros encargos. Na outra ponta da corda, o controle das contas a receber irá auxiliar na coleta de informações dos ativos que a empresa tem para receber das vendas a prazo, por exemplo. Lembre-se , mantenha o time financeiro e contábil alinhados.

Planejamento estratégico

Um bom planejamento estratégico pode facilitar a gestão da empresa, é este o processo que irá ajudar a definir os objetivos e planos de ação que serão desenvolvidos para que essas metas sejam atingidas.

Na hora de criar o planejamento estratégico, leve em consideração os recursos que estarão à disposição da empresa para atingir o objetivo, como os recursos humanos, de tempo e financeiros. Antes de iniciar o processo, o gestor deve se fazer quatro perguntas: Qual é o cenário atual da empresa?; Qual é o objetivo da empresa?; Em quanto tempo quero atingir esse objetivo?; Como eu vou atingir esse objetivo?

Orçamento

O principal objetivo do orçamento é que a empresa consiga planejar as estratégias que serão usadas para atingir os objetivos. O orçamento serve para ajudar a calcular e especular os ganhos, despesas e investimentos. Com um bom controle, você conseguirá a responder a uma pergunta importante com segurança: “Cabe no meu orçamento?”.

Na hora de fazer o orçamento de sua empresa pense em três cenários diferentes:

Pessimista: Imagine situações que podem impactar negativamente o planejamento e afetar o orçamento previsto;

Otimista: Neste caso, o cenário irá impactar positivamente o planejamento e influenciar o orçamento previsto;

Realista: Aqui, leve em consideração o cenário real da empresa, considere a receita, custos e investimentos.

Conciliação bancária

O objetivo da conciliação é a conferência de contas bancárias, assim é possível verificar possíveis existências de inconsistência nos dados, avaliar se o saldo bancário bate com a receita e despesas estimadas, como contas a pagar e receber.

Lembre-se: quanto maior controle e habilidade de gestão os líderes tiverem sobre as atividades financeiras, menor é a possibilidade de a gestão cair no limbo de empresas que faliram por má administração.

Veja Também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *