Unicórnios à solta! Conheça as startups brasileiras que valem 1 bilhão de dólares

Unicórnios são seres mágicos que ouvimos muito falar em lendas e contos lúdicos. E, quando uma empresa tem um crescimento tão rápido que parece, de fato, um passe de mágica, ela é chamada de startup unicórnio. A expressão nasceu em 2013 e foi criada pela investidora de capital de risco Aileen Lee. Entenda mais abaixo sobre esse seleto grupo.

O que é uma startup unicórnio?

O termo é usado para definir empresas que em pouco tempo alcançaram o valor de mercado de 1 bilhão de dólares. Algumas atingiram essa marca antes mesmo de abrir o capital para acionistas na bolsa de valores. Mas quanto tempo é rápido o suficiente para conseguir se tornar uma startup unicórnio? Difícil determinar, mas uma coisa é fato: esse crescimento tem sido cada vez mais rápido. 

É o que mostra o siteThe Speed of a Unicorn, que faz a análise do tempo que startups demoram para se tornar unicórnio. A empresa mais rápida até hoje a conquistar essa marca é a Jet.com, que levou apenas quatro meses contando a partir da data de seu lançamento. Claro que esse é um ponto fora da curva, mas o fato é que esse ponteiro está acelerando cada dia mais.

Startups unicórnios brasileiras

99 App

Sim, nós também estamos entre os unicórnios brasileiros! Inclusive, a 99 tem o posto de primeiro unicórnio do Brasil. Desde janeiro de 2018 integramos esse ranking, quando fomos incorporados à chinesa Didi Chuxing. Desde então, seguimos crescendo e expandindo o negócio com boas soluções para nossos usuários. 

Nubank

A ideia de ser um banco totalmente digital assustou alguns brasileiros no início das atividades do Nubank, em 2013, mas apenas cinco anos depois a empresa também se tornou uma startup unicórnio com mais de 1 bilhão de dólares de capital.

Movile

A empresa de venture capital, que tem ações do iFood e do Sympla, chegou ao marco de 1 bilhão também. O fato, inclusive, foi anunciado quando o iFood também se tornou uma unicórnio.

Loggi

A empresa Loggi é uma das mais recém-chegadas ao posto de startups unicórnio. O número de 1 bilhão de dólares foi alcançado em junho de 2019 e o negócio de serviços de entrega já planeja expandir para aviões e entregas a pé.

Stone

A Stone, empresa que oferece soluções para a realização de pagamentos e maquininhas para vendas no cartão, ultrapassou a marca de 1 bilhão de dólares no final de 2018 e ganhou o seu posto de startup unicórnio.

Pagseguro

Outra empresa no ramo de pagamentos online e maquininhas que conquistou o seu espaço entre os unicórnios do Brasil foi a Pagseguro, concorrente da Stone, e se tornou um dos braços mais rentáveis do UOL. 

Gostou do conteúdo? Confira outras curiosidades e novidades do universo das  Startups na nossa área dedicada ao assunto!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *