Plano de negócio: Aprenda a planejar o crescimento da sua empresa

Ter um bom plano de negócios é importante para que gestores, empreendedores e empresários consigam tomar as melhores decisões para a empresa. Para quem ainda tem dúvida, um plano de negócio tem como propósito definir e delinear a estratégia de atuação para o futuro da empresa.

Plano de negócio é utilizado como diretriz, a fim de orientar gestores, dar credibilidade à empresa e testar hipóteses para suas estratégias, por isso é comum que o primeiro plano seja traçado no início do empreendimento.

Hoje, é possível encontrar planos de negócios prontos na internet e adaptá-los à sua empresa, mas é preciso cuidado para não reproduzir erros. Sendo assim, é recomendável que cada gestor faça seu próprio plano de negócio. Veja dicas do que não pode faltar no seu plano:

Análise de mercado

Durante a análise de mercado, o gestor avaliará se há demanda para seu produto ou serviço e decidirá se a ideia é viável. Este será o momento de conhecer bem o perfil dos clientes e os concorrentes. Com base nesta pesquisa, será possível definir os canais de distribuição, ações promocionais e comunicação. Conheça também os fornecedores do seu segmento, classifique-os em reputação, preço, porte e condições de pagamento e entrega.

Plano operacional

Este é o momento de pensar em equipamentos, quantidade de funcionários e desenhar um cronograma de cada fase do processo produtivo. O objetivo do plano operacional é descobrir como desenvolver e comercializar seus produtos.

Plano financeiro

Para delinear informações importantes para o futuro do novo negócio, como ponto de equilíbrio, prazo de retorno de investimento e lucratividade da empresa, é importante criar um plano financeiro. Para isso, coloque em uma planilha o investimento inicial, custos fixos, capital de giro e demonstrativo de resultados, enfim, tudo o que for relativo ao setor financeiro da sua empresa. Este é principal tópico na hora de conseguir investidores.

Este artigo traz apenas o que seria o ponto de partida no desenvolvimento de um plano de negócio. A verdade é que este exercício não deve ser realizado apenas no início de um novo empreendimento. O ideal é que ele seja atualizado a cada mudança, como guinadas da economia, perda ou conquista de clientes importantes, alterações de comportamento do consumidor e afins.

Não se esqueça: Seja você um empresário consolidado ou um empreendedor, o plano de negócio é um grande aliado.

Veja Também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *