Homem-painel-planejamento

Planejamento tático: uma forma de tirar grandes metas do papel

O planejamento tático é uma etapa posterior a do planejamento estratégico, enquanto o segundo é responsável por traçar metas e pensar sempre com o horizonte expandido, reunindo a visão de CEOS, diretores e presidentes, o primeiro traz as maneiras de colocar em prática as estratégias já pré-definidas pelo alto escalão da organização.

Veja mais a seguir sobre a importância desse gerenciamento na sua empresa, como fazer e os seus benefícios.

O que faz o planejamento tático?

Na área tática, o setor operacional das empresas está diretamente envolvido. Pode-se dizer, que o planejamento tático é o que dará vida ao planejamento estratégico, o dividindo em ações menores e aplicáveis em períodos mais curtos, de geralmente três anos.

Exemplos práticos de planejamento tático

Quer entender como esse processo funciona? Pense, por exemplo, que foi definido que é necessário melhorar o marketing ou criar um plano tático de comunicação. Essas metas sólidas, por sua vez, serão divididas entre os setores responsáveis em ações menores.

Uma forma eficiente de fazer isso é usando a metodologia 5W2H (sigla de origem de palavras inglesas), que traz algumas diretrizes que irão ajudar a medir o avanço e determinar um gerenciamento das metas. Veja a seguir como funciona e como aplicar:

  1. What (O quê?): É hora de elencar todas as ações que precisam ser feitas para que as metas sejam alcançadas. Leve em conta todas as etapas de desenvolvimento e outras movimentações que serão precisas para a execução.

  2. Why (Por quê?): Entender o sentido das coisas é sempre melhor, tanto para você, quanto para os seus colaboradores. Para a empresa, isso ajudará a traçar caminhos mais curtos e deixar claro qual o objetivo de cada ação. Justifique os porquês de cada ponto das etapas definidas no tópico anterior, neste.

  3. Where (Onde?): Onde cada ação será feita? Reúna todos os pontos que precisam de atenção aqui.

  4. When (Quando?): Prazos são a palavra-chave deste tópico, que incluí o tempo de conclusão e quando cada ação estabelecida começará e terminará. Seja sincero com a capacidade de cumpri-los, tanto por você, quanto pela sua equipe.

  5. Who (Quem?):  Quem é será o responsável pelas ações e etapas delas? É hora de definir os setores e pessoas que assumirão as responsabilidades das ações estabelecidas no item 1.

  6. How (Como?): Esse é o tempo de instrução, é preciso exemplificar de forma clara como cada ação será feita aos responsáveis por elas.

  7. How much (Quanto?): Quanto custam as ações estabelecidas? Seus erros e acertos? É hora de ser transparente com todos os envolvidos e colocar na mesa o preço do êxito e dos possíveis erros. Isso fará com a equipe envolvida esteja ciente de todas as questões e vista a camisa!

Portanto, podemos concluir que o planejamento tático inclui:

  1. Métodos para executar planos estratégicos de forma prática;
  2. Divide as visões estratégias amplas em ações práticas;
  3. Identifica as ações necessárias para cumprir o plano estratégico;
  4. Estabelece prazos para as ações táticas da empresa;
  5. Identifica os seus responsáveis;
  6. Levanta os custos das ações;
  7. Identifica as áreas que devem ser trabalhadas para que se alcance o plano estratégico;

Gostou do conteúdo? Continue por aqui, há muito mais artigos e matérias sobre o tema no blog! Veja como a 99 Empresas pode facilitar o transporte corporativo no seu negócio, clique aqui e confira uma forma inteligente de economizar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *