Trabalhe com paixão e diversão: Boas Práticas Para Motivar Seus Funcionários

Motivação no trabalho vai além de apenas um estado de espírito do colaborador em um dia específico. Ela impacta diretamente em como ele age, desempenha suas atividades e na maneira em que está influenciando o restante dos colegas de equipe.

Engana-se quem acha que a motivação no ambiente de trabalho não é também uma responsabilidade da empresa, afinal, quem mais tem a perder com a desmotivação são os negócios. Profissionais motivados rendem 50% a mais em produtividade, de acordo uma pesquisa realizada pela Right Management, empresa americana especialista em carreiras, que ouviu mais 30 mil pessoas em 15 países.

E, para proporcionar qualidade de vida no trabalho e aumentar a produtividade da equipe, as companhias têm inovado cada vez mais trazendo benefícios que vão além dos tradicionais, como plano de saúde, vale refeição, transporte, etc. Mas, por mais que um upgrade no salário seja muito bem-vindo, há diversas outras formas de motivar os funcionários sem precisar desfalcar os cofres do negócio. A seguir, separamos algumas dicas para manter o time focado e com a motivação sempre em alta, vamos lá!

10 formas de incentivar a motivação no ambiente de trabalho

  1. Viva a diversidade!

Empresas que valorizam a diversidade no ambiente de trabalho possuem melhores resultados, tornam-se até mais lucrativas, pois os colaboradores se sentem incluídos e mais engajados.

A 99, por exemplo,  cria equipes inclusivas e igualitárias que prezam pelo respeito, deixando seus colaboradores à vontade para serem quem são. Tanto na forma de se vestir quanto em dar voz a eles, ouvindo suas ideias e criações. Os grupos de identidade 99Cores, 99Mulheres e 99Afro foram criados para despertar a consciência sobre diferentes perspectivas, fortalecer e integrar pessoas através de eventos e iniciativas.

Investir em diversidade significa, comprovadamente, um retorno mais lucrativo tanto para o negócio quanto para a sociedade. Quer saber como? Aqui explicamos tudo para as empresas darem os primeiros passos nesta direção.

  1. Comunicação aberta dos times com as lideranças

Um líder deve ser sempre respeitoso, aberto e acessível para seus times. Mesmo quando há a necessidade de ser incisivo e corrigir a postura da sua equipe, é importante não ter uma postura agressiva. Em casos pontuais e mais graves, o ideal é chamar a atenção do colaborador em um espaço separado, com a equipe de Recursos Humanos ciente e/ou presente, e nunca no meio do escritório na frente de todos.

  1. Café e lanchinhos para todos

Incluir café da manhã e lanche da tarde nos benefícios pode até gerar um certo impacto na conta, mas pão, manteiga, café e frutas, definitivamente, não levarão o empreendimento à falência.

Na prática, por mais básicas que sejam, essas refeições patrocinadas impedem que os colaboradores se dispersem, saindo do recinto para lanchar ou eventualmente chegando atrasados porque decidiram tomar um café reforçado em casa. Sem contar que essa economia acaba fazendo diferença no bolso dos funcionários no fim do mês.

  1. Ambiente de trabalho leve

Esta dica talvez é a que tem se tornado mais comum entre as organizações: ambiente de trabalho descontraído e confortável. O profissional pode escolher se prefere trabalhar em uma mesa de escritório ou sentado em um puff, pois isso não representa uma falta de compromisso com as suas tarefas. Um espaço para descontração, com videogames e jogos também ajuda a relaxar e preparar o funcionário para uma longa jornada do dia.

Outra prática comum é montar uma sala de descanso. A ciência diz: 15 minutos de cochilo depois do almoço fazem um bem enorme para a saúde! Para quem trabalha full time e tem mais chances de almoçar na rua, a existência dessa sala dentro da própria empresa é um diferencial tão grande que se transforma em benefício.

Para criar uma sala tipo spa não é preciso muito: basta investir em sofás, almofadas e um local estratégico, afastado das mesas e da entrada. Lembrando que é sempre possível incrementar com quick massages, meditação e yoga — é fundamental manter o silêncio, claro!

  1. Bora malhar?

Impossível falar sobre qualidade de vida no trabalho e não mencionar a prática de atividades físicas.  É muito importante incentivar os colaboradores a terem um estilo de vida mais saudável através de ações como turmas de ginástica laboral e aulas de dança, por exemplo (se houver um espaço físico).

Outra grande sacada são as parcerias com academias. Algumas concedem bons descontos para funcionários, o que torna mais acessível o uso facilitando a rotina do colaborador.

Você conhece o Gympass? Em parceria com academias e companhias em todo o Brasil, o Gympass proporciona a prática de diversas atividades em forma de benefício corporativo. Sua empresa pode se tornar parceira e oferecer planos aos funcionários.

  1. Trabalho com horário flexível

Em lugares como o Google, por exemplo, os funcionários têm autonomia para escolher o melhor horário para trabalhar. A exceção ocorre em situações específicas, como em dias de reuniões agendadas.

O que pode acontecer também é quando um integrante da equipe passa por problemas pessoais ou de saúde em pleno expediente. Nesse caso, é muito mais inteligente liberá-lo para que resolva seus problemas do que insistir em mantê-lo disperso e desfocado no escritório. A possibilidade de renegociar horas ou mesmo permitir o home office mediante justificativas fortalece a relação de confiança entre chefe e time, e de quebra faz com que os funcionários se sintam valorizados.

  1. Metas desafiadoras e possíveis

Quando nos é proposto algo que não conseguimos cumprir, o sentimento de insatisfação e desânimo é inevitável. O mesmo acontece nas empresas, quando uma meta de trabalho acaba sendo inalcançável. Se essa for uma ação constante no dia a dia, o resultado para a motivação no trabalho não será nada satisfatório.

O melhor é esquecer as cobranças duras e colocar metas desafiadoras, sim, mas reais, propostas junto com um plano de ação para que os times alcancem o objetivo final. Se as falhas na hora de alcançar os resultados estiverem acontecendo com muitos colaboradores, é hora de analisar os objetivos, o desempenho de cada um e entender como os times podem se desenvolver para entregarem mais.

No final, quando as equipes conseguirem bater suas metas, o resultado será de muito mais satisfação e motivação para buscar objetivos ainda maiores.

  1. Doguinhos no trabalho sim!

Empresas como a 99, Nubank, Ifood, entre outras,  incluíram o “Pet Day” na rotina corporativa, um dia onde os colaboradores podem levar seus animais para o trabalho e curtir a companhia dos bichinhos. É comprovado que o programa aumenta a motivação, gerando mais interatividade entre as pessoa e melhorando o clima organizacional. Os pets geram mais satisfação no trabalho, ao oferecer mais momentos de lazer e recreação aos seus donos. Além disso, inúmeros estudos apontam que os pets ajudam a relaxar e a reduzir a frequência cardíaca e a pressão arterial.  

Para facilitar a convivência de todos, são impostas algumas regras, por exemplo: apenas um dia definido na agenda; os animais precisam ter bom comportamento; é importante conferir se algum colega próximo tem alergia ou se sentirá incomodado e não deixar o pet sozinho.

Saiba mais sobre esta tendência neste post com tudo que o mercado dos bichíneos oferece.

  1. Happy hour com os amigos

Quando as equipes se conhecem e interagem sobre assuntos que não são relacionados ao trabalho, passam a se sentir mais à vontade no escritório. Estabelecer um dia da semana para o happy hour pós-expediente é uma das melhores maneiras de incentivar o entrosamento da equipe. 

Fora da formalidade do ambiente de trabalho e entre uma cerveja e outra, as pessoas podem se conhecer melhor, facilitando a comunicação no dia a dia e, claro, deixando a convivência dentro do ambiente corporativo mais agradável. Só vale destacar um detalhe: nada de dar mancada com o chefe e os colegas na mesa do bar, ok?

  1. Realizar confraternização da empresa

Realizar eventos pontuais ao longo dos meses, principalmente em datas sazonais como dia das mães, das crianças e dos pais transmitem uma imagem de preocupação e valorização dos colaboradores, além de promover momentos de maior descontração e alegria entre eles.

É válido também promover confraternizações maiores em épocas específicas do ano, como na Páscoa, no Natal e festa Junina. Essa junção pode surtir efeitos positivos, colaborando para o aumento da motivação dos funcionários e possibilitando o envolvimento deles no planejamento e execução das festas.

Por fim, não se esqueça da tradicional confraternização da empresa no fim do ano.

Ao implementar quaisquer dessas sugestões, é bom que os gestores reflitam mais sobre o mundo em que vivemos hoje. Uma organização, que, de preferência, compartilhe seus valores e o leve a se dar conta de que sua atuação realmente faz diferença para a sociedade. Os gestores modernos precisam, mais do que nunca, entender que realização pessoal e profissional simplesmente não tem preço.

Então, o que achou das dicas para motivar seus funcionários? Depois de deixar seu comentário aqui, acompanhe nosso blog e confira aqui 7 formas de fazer uma boa gestão de pessoas!

Veja Também

5 Comments

  1. Ale Reply

    Gostei do seu artigo, acho que o caminho é esse mesmo.
    E isso tem me ajudado e muito.
    Vou começar a acompanhar seu trabalho.
    Parabéns pelo site.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *