Mobilidade corporativa: afinal, o que meu negócio ganha com isso?

O conceito de mobilidade corporativa, ou mobilidade empresarial, está em alta.

Por meio dele, as pessoas se desprendem do trabalho como sempre foi conhecido: fixo, sempre em um determinado lugar e horário. E esse desprendimento tem tudo a ver com os anseios dos profissionais mais jovens, que são altamente dinâmicos e buscam a flexibilidade.

No post de hoje, vamos discutir esse assunto com um enfoque na empresa. Se a mobilidade corporativa é boa para os profissionais, será que ela também traz vantagens para o negócio? A resposta, como você deve imaginar, é sim. Agora, entenda o porquê!

O que é mobilidade corporativa

Vamos começar detalhando um pouco mais esse fenômeno.

Essencialmente, a mobilidade corporativa consiste na possibilidade de desempenhar as mesmas atividades que você faria no trabalho em qualquer outro lugar: em casa, em uma cafeteria, no banco de um carro.

Existem diversos estágios de mobilidade corporativa. Algumas empresas ainda estão entrando nesta nova dinâmica e, por isso, o que elas oferecem é o mais simples — acesso ao e-mail corporativo é o exemplo típico.

Outras estão bem mais avançadas, e permitem que o funcionário cadastre um cliente, faça um pedido de compra ou venda, cheque o inventário e muito mais.

A tecnologia, é claro, tem um papel central na mobilidade corporativa. Afinal, esse alto grau de acessibilidade, independente do fator espacial, só é possível graças a inovações como os aparelhos smartphone e tablet, os aplicativos corporativos, a computação em nuvem e os sistemas informatizados de gestão.

Os benefícios da mobilidade corporativa

Você certamente está se perguntando: por que eu devo investir em mobilidade corporativa? A resposta está no fato de que ela traz importantes benefícios para o desempenho e os resultados do negócio. Vamos conferir 7 exemplos?

Automação

A automação não é exatamente consequência da mobilidade corporativa, mas elas andam sempre juntas. Como já vimos, a mobilidade depende de certas tecnologias para ser viável e essas mesmas tecnologias também possibilitam a automação de várias atividades, especialmente as mais mecânicas.

Um dos melhores exemplos é o caso dos aplicativos corporativos, que automatizam a produção de relatórios. Todos os relatórios são gerados pelo próprio app e sempre atualizados em tempo real. Com isso sua equipe perde menos tempo lidando com dados e pode se concentrar em atividades estratégicas de alto impacto.

Segurança

A segurança das informações é outro elemento que acompanha a mobilidade corporativa. Afinal de contas, quando a sua equipe atua remotamente (seja em tempo integral ou parcial), as informações não podem mais ficar registradas em papel.

Pense comigo. Como um vendedor em campo poderia acessar o histórico de um cliente, se essa informação estivesse em um arquivo de papel lá na sede da empresa? Inviável, certo?

Assim, a mobilidade corporativa exige que as informações passem a ser registradas em formato digital e armazenadas em nuvem.

Isso não apenas permite que estejam acessíveis por sua equipe a qualquer momento, em qualquer lugar, mas também garante sua preservação contra todo tipo de incidente — desde um incêndio até tentativas de sabotagem industrial!

Agilidade

A mesma tecnologia necessária para implementar uma dinâmica de mobilidade corporativa também favorece, e muito, a agilidade dos processos dentro do negócio. Por incrível que pareça, até mesmo a comunicação parece fluir melhor quando a equipe não está sempre no mesmo local!

Um colaborador pode se comunicar com os outros, independentemente da localização, por meio de serviços de mensagem de texto, áudio e videochamada. Para ir de um lugar a outro — por exemplo, visitando clientes — basta chamar um carro pelo smartphone e, em poucos minutos, o motorista chegará.

E até em projetos colaborativos a agilidade não fica prejudicada: com recursos como o Google Drive, por exemplo, várias pessoas podem editar um relatório ou apresentação remotamente.

Produtividade

Você pode estar pensando que a mobilidade corporativa vai incentivar a procrastinação entre os seus funcionários. Mas, na realidade, ocorre exatamente o oposto. Muitos profissionais são mais produtivos quando estão inseridos nessa dinâmica.

O primeiro motivo é que a mobilidade corporativa permite um certo nível de multitasking. Por exemplo, um colaborador pode trabalhar em uma proposta comercial enquanto está no carro, a caminho de uma visita a um cliente. Assim, ele aproveita melhor o tempo. Vamos falar mais sobre isso depois.

O segundo motivo é que muitos profissionais se sentem mais criativos e enérgicos quando mudam de ambiente. Desta forma, ao permitir que sua equipe trabalhe de qualquer lugar, você proporciona uma oportunidade ideal para pensamentos inovadores e produtividade.

Economia

A mobilidade corporativa é um fator importante de economia para as empresas. Aliás, você sabia que, graças a ela, muitos negócios operam exclusivamente de maneira remota? Cada colaborador trabalha de sua própria casa ou da localização que preferir.

Com isso, a empresa não precisa ter um escritório fixo, o que significa que pode eliminar gastos com:

  • aluguel
  • eletricidade
  • água
  • equipamentos de escritório
  • segurança

Engajamento

Nós já comentamos, lá no começo do texto, sobre como a mobilidade corporativa se alinha bem ao perfil dos profissionais mais jovens (a tal “Geração Y”). Isso significa que, ao trabalhar em uma empresa que adota essa prática, tais profissionais vão apresentar um nível maior de engajamento.

Por que isso é importante? Bem, funcionários engajados trazem várias contribuições positivas:

  • são mais fieis, o que reduz a taxa de turnover;
  • são mais motivados, o que aumenta sua produtividade;
  • confiam mais na empresa e tornam-se defensores da marca.

Diferenciação

Quando falamos em mobilidade corporativa, muitas vezes fazemos uma associação direta com a possibilidade do colaborador trabalhar de onde ele quiser. E, realmente, essa é uma das faces desse fenômeno.

Mas a outra face, igualmente importante, é a possibilidade de o colaborador trabalhar de onde for preciso — o que abre portas para uma diferenciação. Quer entender melhor?

Quantas vezes sua empresa perdeu a oportunidade de conquistar um cliente importante porque faltavam as condições para prestar uma atenção especial a ele? Pois é, com uma equipe limitada, seria impossível manter as atividades do escritório em dia e ainda investir pesado em visitas aos clientes.

Com a mobilidade corporativa, esse problema é superado, porque seus colaboradores não precisam mais estar no escritório para desenvolver as atividades administrativas.

Isso significa, ao mesmo tempo, que eles podem estar mais disponíveis para oferecer um tratamento especial aos clientes, no pré e pós-vendas. Assim, sua empresa alcança um novo patamar de diferenciação em serviço.

Com todos esses benefícios, não há dúvidas de que a sua empresa precisa investir em mobilidade corporativa! Quer saber mais sobre o assunto? Então, siga o perfil da 99 no Facebook, Twitter e Google+ e fique atento aos nossos conteúdos!

Veja Também

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *