Cofrinho em formato de porquinho cor de rosa

Hora do corte de gastos? 5 erros que podem colocar sua empresa em xeque

O corte de gastos é um assunto delicado. Quando empresas precisam tomar essa medida, é sinal de que um cenário de crise financeira possa se aproximar ou, pior, de que esse momento mais difícil já chegou.

No entanto, a redução de custos deve ser feita com cuidado e preservar alguns serviços e diretrizes que mantém a equipe e a organização funcionando de forma adequada é essencial!

Foi pensando nisso que hoje trouxemos uma lista com os principais erros cometidos por quem precisa cortar os gastos na empresa. Confira a seguir.

5 erros para EVITAR na hora de fazer um corte de gastos na empresa

  1. Fazer cortes no ambiente de trabalho

O corte de gastos nunca deve ser feito de forma que piore o ambiente de trabalho e prejudique as condições que os funcionários têm para realizarem suas tarefas, isto é, que cause desconforto nos colaboradores e chegue ao ponto de estressar a equipe.

Como, por exemplo, a remoção de equipamentos de ar-condicionado, cortar o café e outras medidas que no fundo não serão decisivas na hora de deixar as contas positivas.

  1. Acabar com a verba do marketing

Se é preciso fazer uma redução de custos, é sinal de que a empresa está com baixa entrada, certo? Ou que pelo menos uma entrada maior de capital com um aumento de vendas resolveria o problema.

Somente pensando nesses dois fatores é possível prever que uma redução muito agressiva no investimento de marketing não é a medida mais inteligente a se tomar. É provável que sem uma comunicação forte com seus clientes e potenciais consumidores as vendas até caiam mais — e ninguém quer isso. Então, em resumo, cortar o marketing pode significar também cortar o seu faturamento!

  1. Remover serviços/benefícios importantes para o dia a dia do trabalho

Os colaboradores precisam acessar a internet a todo momento durante o trabalho ou em saídas externas. Mas como a empresa precisa reduzir os custos, você achou um boa ideia cortar o plano de dados móvel e fixo pela metade. Esse tipo de ação, além de prejudicar o andamento efetivo da sua equipe, pode servir para desestimular os colaboradores.

O mesmo serve para os serviços de transporte: se sua empresa usa transporte corporativo para visitar clientes ou realizar serviços externos, cortar esse benefício também será um fator prejudicial.

O ideal é sempre buscar um caminho por parte do controle exato dos gastos. Com a 99 Empresas, por exemplo, é possível controlar de forma assertiva os custos com o transporte, limitar por colaborador, por horário de uso e quilometragem. Assim, é possível evitar gastos desnecessários e abusos dos benefícios. Se interessou? Clique aqui e confira como funciona a 99 Empresas.

  1. Procurar mão de obra mais barata

Alguns líderes acreditam erroneamente que o corte de gastos está ligado com a redução da equipe ou com a demissão do time atual para contratação de um quadro de funcionários que pese menos no orçamento da empresa.

À primeira vista ao checar os números, o pensamento até faz um pouco de sentido. Mas um time mais barato e, consequentemente, menos qualificado, entregará resultados menores e com o tempo estará desmotivado, o que pode aumentar a chance de pedidos de demissões.

  1. Analisar somente o preço e não a qualidade dos fornecedores

Materiais mais baratos irão entregar um produto/serviço de menor qualidade e o resultado pode ser clientes insatisfeitos que não voltaram a comprar da sua empresa.  

Nunca diminua a qualidade dos seus serviços com o propósito de economia, pois seus consumidores fiéis já têm uma experiência esperada com sua marca. Se ela mudar para pior, é possível que o famoso marketing boca a boca seja feito de uma forma reversa e eles passem a não recomendar mais a sua empresa.

Gostou do conteúdo? Comente com sua opinião! Continue navegando pelo nosso blog e fique por dentro das tendências do mundo do trabalho e do empreendedorismo!

Veja Também

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *