Health Tech: veja 3 startups que estão modernizando a saúde no Brasil

Veja 3 startups que estão modernizando a saúde no Brasil

Sem carros ou skates voadores, tampouco viagens no tempo. O século XXI, em partes, não alcançou a literalidade do mundo cyberpunk que alguns filmes previam. No entanto, entre tantas inovações, será que Marty McFLy e Doutor Brown arriscariam dizer que a tecnologia será uma das maiores influenciadoras no mercado da saúde?

As startups especializadas em health tech provam isso! Apesar de se encontrarem em um ambiente de amadurecimento, elas possibilitam soluções para problemas existentes e apresentam oportunidades para novos modelos de negócio.

Trouxemos aqui três empresas que identificaram nichos de desenvolvimento fundamentais e podem, de alguma maneira, influenciar o seu dia a dia.

MedRoom

Foi-se o tempo em que realidade virtual era assunto exclusivo de gamers. Fundado por Sandro Nhaia e Vinícius Gusmão, o MedRoom  oferece novas ferramentas e perspectivas para aprimorar e otimizar o conhecimento da força de trabalho da saúde, começando pelo Atrium, um laboratório de anatomia em realidade virtual.

A startup destaca duas características: o realismo (gráfico e anatômico), onde os alunos vivenciam a experiência de trabalhar com um paciente realístico, como se estivessem estudando o paciente vivo. E um modelo de negócios cujo todo o processo é pensado na prática do dia a dia da faculdade.

Segundo Vinícius, eles estão presentes em quatro instituições de ensino e se preparam pra implementação em mais duas. A expectativa é conseguir, ainda neste ano, se estabelecer como uma metodologia válida de aprendizado para explorar vertentes além da anatomia, como fisiologia e raciocínio clínico. A médio/longo prazo, a perspectiva é estar mais próximo de clínicas, com soluções para médicos e hospitais.

Zenklub

felizmente, há uma mobilização crescente para reconhecer a importância de cuidar da saúde emocional e desmistificar os transtornos mentais.   

Esta é a área da Zenklub, criada em 2016 por Rui Brandão e José Simões. A empresa surge com a intenção de construir um sistema de referência no atendimento a saúde mental, através de um serviço prático, seguro e de qualidade.

Funciona basicamente como uma plataforma que conecta pessoas interessadas em tratamentos psicológicos/terapêuticos – com a facilidade de agendar e pagar por consultas de vídeo-chamada –  à psicólogos – que dispõem de uma infraestrutura completa de consultório e secretária virtual.

Entre os diferenciais da startup, aponta Rui, estão a qualidade dos profissionais, pois eles passam por uma curadoria com entrevistas e cursos de atendimento online. Existe a autonomia para o cliente encontrar especialistas analisando a apresentação de seus próprios currículos. E as sessões que são agendadas na hora, no formato (chat, áudio ou vídeo) e no ambiente que o cliente preferir.

 

Cia da Consulta  

Menos de 25% da população brasileira possui plano particular de saúde. Em contrapartida, o sistema público, quase sempre, se mostra incapaz de atender a demanda necessária.

Neste cenário, as clínicas médicas com  preços acessíveis têm ganhado força com o intuito de melhorar o acesso da população à serviços de qualidade. É o caso da Cia. da Consulta , que iniciou as atividades em 2017 disponibilizando aos pacientes uma gama completa de especialidades.

O fundador, Victor Fiss,  decidiu lançar o projeto piloto de uma clínica com serviços mais baratos dentro da Faculdade de Medicina do ABC. Mas, segundo o mesmo, no decorrer da experiência, o seu interesse não era apenas o retorno financeiro, e sim a capacidade de ajudar as pessoas no momento de maior fragilidade.

Atualmente, a rede conta com seis unidades próximas à estações de metrô em São Paulo, mas a ideia é concluir o ano com o total de quinze unidades na cidade inteira.

E o futuro?

A tecnologia promete ser um dos maiores agentes no mercado da saúde. Se você pudesse apostar em alguma previsão, qual seria?

Veja Também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *