Entenda a importância da contabilidade para seu negócio

Antes de entender a importância da contabilidade para o seu negócio, é fundamental compreender o que é contabilidade, não é mesmo? Então, vamos lá! A contabilidade pode ser entendida como um sistema estruturado de informações sobre as atividades de uma empresa. Tem por objetivo apresentar informações de natureza patrimonial, econômica, financeira e social sobre uma entidade que servem de suporte no processo de tomada de decisões dos seus diversos stakeholders, como explica João Domiraci Paccez, professor da Fundação Instituto de Pesquisas Contábeis, Atuariais e Financeiras (FIPECAFI).

Os riscos de não ter uma contabilidade bem organizada são muitos. Para Paccez, uma empresa que não tem uma contabilidade estruturada corre o risco de incorrer em decisões inadequadas por não estarem apoiadas em informações reais que permitam avaliar a priori o impacto que causará à entidade. Decisões baseadas apenas na experiência ou no “feeling” do tomador de decisão, sem um suporte adequado de dados consolidados e obtidos por meio da contabilidade, podem causar prejuízos irreversíveis à organização.

Para não correr esses riscos, não deixe de acompanhar o post de hoje!

Importância da contabilidade

Para uma empresa, da micro à multinacional, a importância da contabilidade é indiscutível. Segundo a contadora Karina Brandalize, as informações registradas suprem os administradores de dados para tomada de decisões, além de manter a situação das empresas regular frente aos poderes municipal, estadual e federal.

Também auxilia empresários a conseguirem suas licenças de funcionamento e a superarem a enorme barreira da burocracia. “A formalização intermediada pelos escritórios contábeis abre às empresas um leque de possibilidades de negócios e ainda abre as portas para o acesso a programas de incentivo ao empreendedorismo, como os programas do Banco Nacional do Desenvolvimento (BNDES)”, explica a contadora.

Segundo o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE), boa parte das pequenas e médias empresas não completam um ano de vida. Pelo menos 70% delas não chegam aos cinco anos. Um ponto essencial para esse resultado negativo é não dar importância à gestão da informação e do conhecimento, com foco na sua melhoria e seu crescimento. As grandes corporações já adotam este procedimento.

E as pequenas e médias deveriam acompanhar esta tendência, na opinião de Silvio Soledade, diretor da PlanoGestão Consultoria Empresarial. De acordo com ele,  uma das medidas fundamentais em qualquer empresa é ter um sistema de informações adequado. Isso demanda controle interno confiável para geração de relatórios para a tomada de decisão.

Vantagens

Hoje em dia, como explica Almério Barros, sócio da consultoria Hands-on Solutions, muitas empresas estão olhando mais para a contabilidade. Contudo, somente com medo das fiscalizações eletrônicas da Receita Federal. São poucas, segundo ele, as que realmente se importam em melhorar os controles, criar métricas de gestão, metas corporativas, acompanhar os resultados mensais e comparar com o mês anterior e com o ano anterior, por exemplo.

É preciso ter claro que a contabilidade é uma potência de informações que se cruzam e se falam e ajudam na avaliação dos investimentos, e que junto com outros dados como fluxo de caixa, poderão dar a certeza da melhor forma de investir e crescer. “A contabilidade não se limita a cumprir as várias obrigações ou normas legais. É um recurso importante de gestão”, complementa Yann Fromont, contador e sócio diretor da Gorioux Faro Assessoria Contábil.

Confira aqui algumas outras vantagens:

Base de dados para planejamento

Um dos usos da contabilidade é ter seus números como base histórica para planejar o futuro. Dessa forma, a estratégia da empresa é transformada em métricas financeiras que serão acompanhadas por todos os gestores da companhia, de acordo com a professora da Trevisan Escola de Negócios, Simone Alves da Costa.

 

post-2

Captação facilitada

“Uma companhia com contabilidade em dia tem acesso ao capital em bancos de primeira linha, como também pode despertar interesses de fundos de investimentos pela facilidade de auditarem e checarem as informações”, diz Barros.

Averiguação do realizado

“É possível acompanhar se o que foi planejado está de fato sendo realizado, a fim de atingir as metas de lucro e desempenho definidas pela empresa”, afirma Alves da Costa.

Compliance

De acordo com o sócio da consultoria Hands-on Solutions, empresas cuja contabilidade é usada como ferramenta de decisão estratégica e gerencial conseguem avaliar os riscos fiscais, tributários e aplicações de novas leis, de forma a anteceder os efeitos e se precaver. Podem ainda realizar auditorias internas e independentes para melhorar seus controles ou iniciar um processo de formação de uma área de compliance cuja finalidade é melhorar a qualidade das informações e evitar fraudes na empresa.

Potencializa o atingimento de eficiência e eficácia

Para a professora, sendo eficiência o melhor uso dos recursos e eficácia o atingimento de objetivos, o sistema de informação contábil favorece o acompanhamento de ambos, ou seja, verificar se o objetivo foi alcançado fazendo o melhor uso possível dos recursos.

Fluxo de caixa

Além de demonstrar se a empresa possui caixa para honrar seus compromissos, ajuda a avaliar os prazos de pagamento e recebimento, pois às vezes as empresas conseguem gerar caixa, mas não têm fôlego e capital de giro para aguentar um processo de investimento e operacional juntos, explica Barros.

Antecipa necessidades de financiamento e investimento

Outro aspecto importante é a necessidade de capital de giro e de reinvestimento no próprio negócio. Nesse aspecto, as ferramentas contábeis favorecem a antecipação de necessidades relacionadas a esses itens, acredita Alves da Costa.

Análises comparativas

“Com uma contabilidade ajustada e em dia, a companhia e qualquer interessado em avaliar seus resultados e sua posição patrimonial terão acesso aos seus balanços e resultados nos últimos três anos”, afirma Barros.

Ou seja, “uma empresa sem contabilidade é uma empresa sem clareza dos seus números, suas atitudes e seus resultados. É uma empresa sem transparência na sua atuação, com total descrédito para o público com o qual ela se relaciona”, conclui Sergio Bessa, consultor da GC-5 Soluções corporativas e professor da Fundação Getúlio Vargas (FGV).

Se sua empresa não leva a contabilidade muito a sério, estruture agora mesmo uma área que cuide das contas da companhia. É essencial para o seu sucesso! E para acompanhar todos os nossos posts, assine agora mesmo nossa newsletter.

Veja Também

Share

One Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *