Análise de dados: saiba como fazer e por que ela é importante para sua empresa

A análise de dados é uma maneira de investigar um conjunto de diversas informações em busca de uma resposta para um possível problema ou para repensar estratégias para empresa. Tomar decisões apoiadas em dados é sempre um caminho mais seguro do que tomá-las apenas por observação ou, pior, por intuição.

O artigo de hoje irá falar sobre isso. Então, atenção à leitura e saiba como aplicar essa estratégia no seu empreendimento.

Análise de dados na empresa ajuda a economizar

Uma boa análise de dados pode ser capaz de ajudar a poupar recursos, uma vez que trará cenários de padrão de compras e vendas, além de trazer o perfil dos seus consumidores e situação atual do mercado.

Usando dados para entender o cliente

Outro ponto muito interessante de usar os dados como uma ferramenta importante do seu negócio é a possibilidade de poder entender o seu consumidor a fundo. Para isso, é preciso reunir um banco de informações. Monte uma base de dados que contenha informações de compra, preferências do seu consumidor e quais dias ou meses as compras são mais frequentes.

Dados para o time

Colete dados sobre o desempenho e habilidades dos talentos do seu time. Essa também é uma maneira de traçar o perfil de cada um de sua equipe e ter um panorama geral nos momentos de crise ou na hora que precisar trocar alguém de posição.

Conheça os principais tipos de análise de dados

Há quatro tipo de análise de dados voltados para o mercado e empresas que você precisa conhecer. São estes:

  1. Análise descritiva

Essa é uma análise que reúne informações em tempo real e está sempre em busca do feedback do consumidor. Por exemplo, ao lançar um novo produto no mercado se colhe dados sobre o nicho específico e suas preferências. Ficar de olho nas redes sociais e nos concorrentes também é importante.

  1. Análise preditiva

A análise preditiva irá te ajudar a entender os caminhos que o mercado está tomando. Dessa forma, será possível acompanhar o desempenho do seu produto nos próximos anos ou meses e se realmente vale a pena continuar investindo no desenvolvimento dele. A Big Data, que em resumo é a grande concentração de informações em um banco de dados, pode te ajudar a traçar esses caminhos com exatidão. Mas será preciso que ela seja administrada por profissionais específicos da área.

  1. Análise prescritiva

Chegou a hora de fazer uma promoção? Ou aumentar a margem de descontos? A análise prescritiva de dados pode te ajudar. Com base nos preços trabalhados comumente no seu negócio, essa análise pode te dizer qual o melhor preço para praticar e se de fato a ação promocional será efetiva.

  1. Análise diagnóstica

Nesse tipo de análise de dados são verificados todos os caminhos do cliente, isto é, o que o fez comprar da sua empresa, onde essa venda ocorreu, qual produto comprou e quando. Além de também focar nos pontos de desistência, como o porquê o cliente deixou de comprar e quais fatores desagradaram o consumidor. Com esses dados em mãos, aperfeiçoar o produto se torna uma tarefa mais assertiva.

Agora que você já sabe o básico sobre análise de dados para empresas, vale lembrar que antes e depois de qualquer análise ou coleta de dados você precisa ter estes tópicos claros:

  1. Quais perguntas quero que os dados respondam?
  2. Estou reunindo dados da empresa de forma ordenada?
  3. Uso a tecnologia para auxiliar na coleta de dados?
  4. Quando faço pesquisa com os clientes, minhas perguntas são assertivas?
  5. Estou tomando decisões com base nos dados obtidos?

Gostou do conteúdo? Continue navegando no Blog da 99 Empresas e confira as últimas novidades sobre o mundo do trabalho!

Veja Também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *